Wednesday, October 18, 2006

Participação da Valéria Tarelho


oxigelo
valéria tarelho

habito
o pólo
morte

vivo
no nicho
abaixo
de zelo

respiro
o gelo
dos teus gestos

neve[r]
neve[r]
neve[r]

nunca
uma tépida
chuva
de apelos

jamais
um tímido
choque

de peles

1 Comments:

Blogger vαℓéя!α tαяeℓhσ said...

opa! se eu imaginasse que iria parar no hall da fama teria caprichado um tantinho mais ;)

como disse em outra oportunidade, é um poema ge[r]ado e nascido de improviso, sem muito empenho [se bem que gosto mais de poemas assim, na lata. aqueles muito pensados e repensados fico olhando torto].

valeu, poeta!
beijo!

1:16 PM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home