Saturday, December 02, 2006

Participação do amigo Paulo



Coruja
aconchegado em densas plumas
empoleirado nos galhos da vida
atravesso mortos dias
esperando a noite chegar
nenhum pio apenas espio
o mundo que dorme
grandes olhos tímidos
acostumados à escuridão
faz presa poesia
nas garras da emoção
corujo
cada palavra
que escapado silêncio
Solidão
...Paulo.

1 Comments:

Blogger Paulo said...

Apareci para dar uma corujada no seu Blog e olha só a surpresa: o meu "Coruja" estava aqui! Obrigado por ceder-me espaço entre os seus amigos poetas! Um abração camarada!
Paulo.

10:50 AM  

Post a Comment

Links to this post:

Create a Link

<< Home